Cadastre-se  |  Lembrar Senha

Notícias

 

A crise no transporte – CIT e CNT recebem delegação da GRETEXPA, Guatemala.

Na sede da Confederação Nacional do Transporte – CNT, no dia 13 de setembro de 2017, foi realizada reunião extraordinária presidida pelo Secretário-geral da CIT, Paulo Caleffi, com os presidentes de entidades dos setores de cargas e passageiros do Brasil, na qual receberam a delegação da GRETEXPA - Gremial de Transporte Extraurbano de Pasajeros da Guatemala, entidade filiada à CIT, para expor as mazelas que há anos enfrenta o setor de passageiros extra urbano no país. A iniciativa é resultado da agenda da XXVII Assembleia Ordinária da CIT realizada na sede da ONU, em Nova York, no dia 25 de maio deste ano.

O vice-presidente da gremial, Otoniel Dighero, explicou que em razão de uma política de extradição dos Estados Unidos nos anos 80, criminosos se assentaram na Guatemala dando início a uma enorme organização criminosa, com hierarquias e objetivos à preço de bala e sangue. O resultado para as décadas seguintes: abuso contra os pequenos comerciantes, cobrança de “pedágios” aos pedestres e linhas de transporte, venda de “proteção” contra gangues de outros territórios, etc. Com a expansão da telefonia celular, a modalidade de extorsão se agravou, juntamente com as ameaças que, quando não atendidas, ações como sequestros e assassinatos atingem fatalmente aos usuários, trabalhadores, empresários e seus familiares. “ Em 1989 meu pai foi sequestrado; pagamos uma quantia milionária aos criminosos e ainda assim não o libertaram; sequer soubemos onde deixaram o corpo”, relatou em particular o presidente da GRETEXPA, Daniel Ramirez, quem hoje, aos 58 anos, desempenha sua rotina com escoltas.  Um dos avanços nos últimos anos foi lograr a criminalização da extorsão, a qual não era prevista no código processual do país. Ainda, os empresários lamentam estarem sozinhos nessa luta pela falta de eficácia do governo; são somas milionárias em extorsões que podem chegar aos 15% do PIB da Guatemala. Por outro lado, a situação brasileira parece seguir o mesmo rumo. Eurico Divon Galhardi, presidente do Conselho Diretor da NTU e o Eduardo Rebuzzi, presidente da FETRANSCARGA/RJ, também relataram a realidade dos setores de passageiro - o qual tem sofrido com os incêndios criminosos de ônibus-, e de cargas - com os constantes roubos nos estados do Rio de Janeiro e São Paulo-. O consenso aponta a falta de providências do governo, a ausência de participação de outros setores afetados, e a insensibilidade da opinião pública.





©2009 Todos os direitos reservados Câmara Interamericana de Transportes CIT


Sede Permanente:
Câmara Interamericana de Transportes – CIT

SAS - Quadra 1 - Bloco J - Ed. CNT - Torre A - 7º Andar - Sl. 702 Cep: 70070-010 - Brasília – DF Brasil
Telefax: (+ 55 61) 3225-0055 
Informações Gerais: cit@citamericas.org