Cadastre-se  |  Lembrar Senha

Notícias

 

LOGSTICA APS COVID-19: MUDANA NAS ATUAIS ESTRUTURAS GOVERNAMENTAIS - Prof. Dr. Marcelo Augusto de Felippes

As estruturas governamentais, em todos os níveis, não estão de acordo com a metodologia da logística aceita e utilizada por grande parte dos países. Não se trata de comentar sobre pessoas, pois acreditamos que temos os melhores profissionais em cada área abaixo citada e que estão fazendo um excelente trabalho, contudo observa-se a notória dificuldade em se efetivar pré e pró atividades e execuções de operações logísticas, que poderiam ser mais rápidas e simplificadas, quando há uma estrutura em harmonia e concordância às necessidades contemporâneas da sociedade.

O Manual de Campanha EB70- MC-10.238, 1a Edição, 2018, do Exército Brasileiro, descreve a doutrina de como deve ser a Logística Militar Terrestre.

No artigo 1.2.4, define que “ A “logística na medida certa consiste em configurar o apoio logístico de acordo com cada situação. Assim, a amplitude do Espaço de Batalha, bem como a necessidade de apoio às forças localizadas em outros espaços como Zona de Interior (ZI) e Território Nacional (TN), pode vir a exigir a descentralização seletiva de recursos.”. 

Essa “logística na medida certa” deve ser capaz de prever e prover o apoio em materiais e serviços necessários para assegurar a essa força liberdade de ação, amplitude do alcance operativo e capacidade de durar na ação. 

No artigo 3.1.1, explica que “ Função Logística é definida como a reunião, sob uma única designação, de um conjunto de atividades logísticas afins, correlatas ou de mesma natureza. Divide-se em: suprimento, manutenção, transporte (todos os tipos de modais e terminais), engenharia, recursos humanos, saúde e salvamento. 

E continua no artigo 3.1.2: “A execução das atividades relativas às diversas funções logísticas é garantida por meio da disponibilidade de informações logísticas em tempo real, com emprego de ferramentas de TIC – Tecnologia da Informação e Comunicação para apoiar a tomada de decisão. Tais recursos permitirão antecipar as necessidades dos elementos apoiados com oportunidade e precisão”. Assim, os militares entendem que seguindo os preceitos da doutrina conjunta e de acordo com os fundamentos para o Apoio Logístico, a execução é mais efetiva. 

Para a caserna, as FUNÇÕES LOGÍSTICAS são: Função Logística Suprimento, Função Logística Manutenção, Função Logística Transporte, Função Logística Engenharia (Infraestrutura), Função Logística Salvamento, Função Logística Recursos Humanos e a Função Logística Saúde. A principal razão é ter uma unidade de metodologia e gestão, determinando a amplitude que se pode chegar. A Logística Militar não aceita achismo e nem politização de assuntos técnicos. O planejamento logístico deve ser integrado e sincronizado.  Todas as funções logísticas, para os militares, devem caminhar juntas e ninguém fica para trás. 

A logística dos militares envolve, ainda, as atividades de Gestão Orçamentária e Financeira e de Apoio Jurídico, que têm por objetivo precípuo assessorar o processo decisório nos diversos níveis de execução do apoio logístico. 

São preceitos da Logística Militar: Antecipação, Integração, Resiliência, Responsividade e Visibilidade.

Nada pode ser realizado sem a devida sustentabilidade orçamentária e financeira, com segurança jurídica das ações e a proteção das estruturas logísticas. As despesas orçamentárias devem estar dentro de corretas fontes e o caminho burocrático não é rápido. Por esse motivo, uma visão de futuro deve ser factível e toda a contribuição de associações, como a Confederação Nacional de Transportes - CNT, por exemplo, e instituições de ensino, devem estar harmonizadas com a realidade socioeconômica do país. 

 O Brasil terá eleições municipais neste ano de 2020. Anos vindouros, estaduais e federais. Não se pode mais se prescindir de Secretarias de Logística e até mesmo de um Ministério da Logística. Somente assim, as diferentes funções logísticas poderão estar harmônicas e falarem um único idioma, não confundindo a população. 

 

Prof. Dr. Marcelo Felippes es un cientista logístico, director de la Cámara Interamericana de Transportes - CIT y "senior fellow" de la Global Federation of Competetiviness Councils - GFCC - EE. UU., dedicó casi 40 años a la logística militar y 2 décadas a la enseñanza del transporte y logística en Brasil, EE.UU., América Latina, Europa y otros países. En este artículo, advierte sobre dificultad de operacionalizar planeamientos logísticos y respectivas ejecuciones con las actuales estructuras gubernamentales.





Outras notícias

ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINRIA CONVOCADA PARA 4 E 5 DE DEZEMBRO

BLOCKCHAIN: NO H MAIS COMO EVITAR
LOGSTICA APS COVID-19: MUDANA NAS ATUAIS ESTRUTURAS GOVERNAMENTAIS - Prof. Dr. Marcelo Augusto de Felippes
CIT monitora o Coronavrus e prope recomendaes
MERCADO URSO - Prof. Dr. Marcelo augusto de Felippes
PORTUGAL ABERTURA DE DILOGO COM A CIT
XXX ASSEMBLEIA GERAL ORDINRIA DA CMARA INTERAMERICANA DE TRANSPORTES - CIT
Secretrio de Planejamento Estratgico da Presidncia da Repblica do Brasil se rene com a CIT
32 Assembleia Geral Ordinria da CIT
VISITA DO MINISTRO DO TCU, AUGUSTO NARDES, CAMARA INTERAMERICANA DE TRANSPORTES
Plano de visitao aos captulos da Cmara Interamericana de Transportes
Visita - Comitiva da Colmbia
Aula inaugural do MBA GETRAM contou com a presena de Vice-Presidente de Infraestrutura da CNT
XXIV Assembleia Geral Ordinaria da CIT
Formatura MBA/GETRAM 2015
Assembleia Geral Extraordinria CIT - Mxico
Encerramento do ano letivo do 14 MBA/GETRAM!
CIT apresentou abusos de extorses, ameaas e assassinatos frente a Comisso de Direitos Humanos CIDH/OEA-EUA
Reunio Regional do Cone Sul, Argentina, Brasil, Chile e Uruguai
MBA/GETRAM: Seminrio sobre Logstica
CIT e UCB PROMOVEM A AULA INAUGURAL DO MBA/GETRAM
GRETEXPA, Guatemala.
CIT realiza a XXVIII Assembleia em Arequipa/Peru
XXIX Assembleia Geral Ordinria (CIT) - Cmara Interamericana de Transportes Condecora Autoridades Civis e Militares do Continente Americano
CIT faz reconhecimento s Foras Armadas
XXIII ASSEMBLEIA GERAL ORDINRIA DA CIT REALIZADA NA CIDADE DE QUITO, EQUADOR

Reitor Associado da Escola de Negcios da Universidade de Miami, Dr. Olivier Bouclier, traz oportunidades de ensino ao mercado brasileiro.

©2009 Todos os direitos reservados Câmara Interamericana de Transportes CIT


Sede Permanente:
Câmara Interamericana de Transportes – CIT

SAS - Quadra 1 - Bloco J - Ed. CNT - Torre A - 7º Andar - Sl. 702 Cep: 70070-010 - Brasília – DF Brasil
Telefax: (+ 55 61) 3225-0055 
Informações Gerais: cit@citamericas.org