Cadastre-se  |  Lembrar Senha

Notícias

 

BLOCKCHAIN: NO H MAIS COMO EVITAR

Quem é Satoshi Nakamoto? Ninguém sabe até hoje. Entretanto, esse tal de Satoshi Nakamoto, que até hoje ninguém sabe se é uma pessoa ou um grupo de pessoas, escreveu um artigo que descrevia exatamente como funcionava a moeda digital, e incluía o conceito Blockchain

Blockchain, (também conhecida como “o protocolo da confiança”), sendo uma ideia do tal Nakamoto, é uma tecnologia de registro distribuído que visa à descentralização como medida de segurança que surgiu junto com o Bitcoin, em meados de 2008. Desde então, a Blockchain utiliza banco de dados e várias empresas podem escrever e acrescentar informações, sendo tudo validado pela cadeia e não por um ponto apenas, descentralizando todo o processo.

Por exemplo, como um tipo de livro razão público (ou livro contábil) que faz o registro de umas transações, a Blockchain valida e garante que o registro seja confiável e imutável, diminuindo distâncias através de processos, contendo normas e termos de transações, prazos, condições, deixando bem explícito e claro quem pode comprar ou vender, acessos e arbitragens, em suma, transações de ativos baseados em contratos registrados contabilmente, com uso da criptografia. Cada parte fica com uma cópia do livro contábil (ledge), onde estão os registros da transação, retirando intermediários e respectivos custos do processo e permitindo uma segura rastreabilidade e um consenso tecnológico e comercial.  

Blockchain e criptomoeda, assim como o Bitcoin, não são a mesma coisa, e hoje, já se vê como conceitos bem distintas para a aplicabilidade. Uma criptomoeda exige do usuário um elevado nível de atenção e responsabilidade por cuidar da segurança do seu próprio dinheiro, visto que as carteiras e as chaves criptográficas ficam armazenadas em arquivos locais, normalmente em um HD pessoal do computador ou celular do usuário. Possivelmente muita gente já jogou no lixo verdadeiras fortunas, ao trocarem de equipamento e inclusive tenham acidentalmente formatado o computador sem antes fazer o backup de suas carteiras. Não obstante a Blockchain tenha sido a principal inovação tecnológica do Bitcoin, visto que é a prova de todas as transações na rede, sua aplicação vai muito além de criptomoedas, estendendo-se por logística, transporte, mobilidade urbana, comunicações, negócios imobiliários, etc.

Acrescente-se ao anterior que, o mundo globalizado, aliado à velocidade e ao volume estonteante em que a informação é gerada, transmitida e agregada na forma de conhecimento, impõe de forma imperiosa novos desafios às organizações e às suas redes, isto é, uma nova natureza gerencial. Busca-se um modelo de excelência em gestão focado em resultados e orientado para o cliente, tendo a Blockchain como ferramenta. Com ênfase na digitalização (tudo sem nenhum papel), a Blockchain não deve ser entendida como um projeto, mas uma solução de problemas em processos de negócios em uma rede identificável (no ambiente externo da empresa).

 Agregar alto valor aos produtos e serviços, superar as necessidades de clientes globalizados e cada vez mais exigentes, obter posições cada vez mais relevantes no mercado de atuação, atender as necessidades dos acionistas, tornar seus fornecedores parceiros, manter sua força de trabalho motivada, coesa e alinhada a seus valores e diretrizes e atuar de forma ética, cidadã e socioambientalmente responsável, são alguns dos desafios da nova ordem mundial sob a égide da era do conhecimento e da globalização.

Uma excelência em gestão utilizando a Blockchain como base, de padrão internacional, expressa o entendimento vigente sobre o “estado da arte” da gestão contemporânea, e é a representação de um sistema de gestão que visa a aumentar a eficiência, a eficácia e a efetividade das ações executadas, tendo como resultado a relevância e o ambiente negocial que as gerações Z e as subsequentes vão exigir. Em síntese, a competição é feroz, sobretudo após a Covid-19, nesse no novo normal que se avizinha, e o financeiro não será mais o único a ter o protagonismo, mas também a relevância e a competência da organização.

Com toda a certeza a implantação da Blockchain, invariavelmente, deve mostrar-se perfeitamente adequada e eficiente como uma ferramenta destinada a realizar a relevância, garantindo “grandes mudanças” no ambiente organizacional do cliente e toda sua rede, que lhe permitirão trilhar o caminho da situação atual para uma situação futura, altamente desejável e clarificada.

A presente evolução e transformação que o mundo vai experimentar após a Covid-19, fazem com que a Blockchain ajude na análise racional das ameaças e oportunidades do ambiente externo, dos pontos fortes e fracos do ambiente interno, de forma a melhor estabelecer objetivos, estratégias e ações que possibilitem o aumento do desempenho organizacional, quando for o caso, que pode ser em 1 mês, 1 ano ou dezenas de anos. 

Portanto, a hora de entender e implementar a Blockchain em seu negócio é agora, criando mais segurança e interação entre sua empresa, fornecedores, bancos, clientes e muitos outros atores que forem de interesse do seu negócio. Mas a dúvida continua: quem é Satoshi Nakamoto?





Outras notícias

Assembleia Geral Extraordinria Virtual CIT - Extenso de Mandato
PASSCHAIN - Prof Dr Marcelo Augusto de Felippes

Cmara Interamericana de Transportes assina acordo com o Observatrio Nacional de Segurana Viria
VOC O PRODUTO - Por Prof. Dr. Marcelo Augusto de Felippes
CIT monitora o Coronavrus e prope recomendaes
MERCADO URSO - Prof. Dr. Marcelo augusto de Felippes
LOGSTICA APS COVID-19: MUDANA NAS ATUAIS ESTRUTURAS GOVERNAMENTAIS - Prof. Dr. Marcelo Augusto de Felippes
PORTUGAL ABERTURA DE DILOGO COM A CIT
XXX ASSEMBLEIA GERAL ORDINRIA DA CMARA INTERAMERICANA DE TRANSPORTES - CIT
Secretrio de Planejamento Estratgico da Presidncia da Repblica do Brasil se rene com a CIT
32 Assembleia Geral Ordinria da CIT
VISITA DO MINISTRO DO TCU, AUGUSTO NARDES, CAMARA INTERAMERICANA DE TRANSPORTES
Plano de visitao aos captulos da Cmara Interamericana de Transportes
Visita - Comitiva da Colmbia
Aula inaugural do MBA GETRAM contou com a presena de Vice-Presidente de Infraestrutura da CNT
XXIV Assembleia Geral Ordinaria da CIT
Formatura MBA/GETRAM 2015
Assembleia Geral Extraordinria CIT - Mxico
Encerramento do ano letivo do 14 MBA/GETRAM!
CIT apresentou abusos de extorses, ameaas e assassinatos frente a Comisso de Direitos Humanos CIDH/OEA-EUA
Reunio Regional do Cone Sul, Argentina, Brasil, Chile e Uruguai
MBA/GETRAM: Seminrio sobre Logstica
CIT e UCB PROMOVEM A AULA INAUGURAL DO MBA/GETRAM
GRETEXPA, Guatemala.
CIT realiza a XXVIII Assembleia em Arequipa/Peru
XXIX Assembleia Geral Ordinria (CIT) - Cmara Interamericana de Transportes Condecora Autoridades Civis e Militares do Continente Americano
CIT faz reconhecimento s Foras Armadas
XXIII ASSEMBLEIA GERAL ORDINRIA DA CIT REALIZADA NA CIDADE DE QUITO, EQUADOR

Reitor Associado da Escola de Negcios da Universidade de Miami, Dr. Olivier Bouclier, traz oportunidades de ensino ao mercado brasileiro.

©2009 Todos os direitos reservados Câmara Interamericana de Transportes CIT


Sede Permanente:
Câmara Interamericana de Transportes – CIT

SAS - Quadra 1 - Bloco J - Ed. CNT - Torre A - 7º Andar - Sl. 702 Cep: 70070-010 - Brasília – DF Brasil
Telefax: (+ 55 61) 3225-0055 
Informações Gerais: cit@citamericas.org